Références en ligne /

Brasil: E-book traz a história e perspectivas do rádio

Já está disponível o e-book E o rádio? Novos horizontes midiáticos, que reúne textos dos integrantes do Grupo de Pesquisa Rádio e Mídia Sonora da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.
O livro tem a organização editorial de Luciano Klöckner e Luiz Artur Ferraretto e traz 40 artigos apresentados no XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, realizado em Curitiba, no ano passado, e que tratam de assuntos como história, ensino, cidadania, criatividade, publicidade, programação e futuro da mídia sonora.
Há contribuições de 11 estados, mais o Distrito Federal, que abrangem um conjunto de assuntos agrupados neste volume em oito seções temáticas: a primeira é sobre história e a última trata do futuro, das tendências, da geração digital. No meio desses dois vértices estão artigos sobre ensino, emissoras e ouvintes, criatividade sonora, publicidade e programas.
A obra pode ser consultada ou baixada, gratuitamente, na Internet. Para acessar o livro, lançado pela Editora da PUCRS, clique aqui.

Livro na web retrata a Comunicação na Iberoamérica

31 mai 2010 par  
Classé dans : español, langues, Références en ligne

Está disponível na Internet o livro Comunicación Multicultural en Iberoamérica – História Contextual y Teoria Comparada, de autoria do Professor José Marques de Melo. A obra reúne um conjunto de ensaios escritos em espanhol nos últimos anos. O prefácio do livro é assinado pelo presidente da Associação Latinoamericana de Investigação em Comunicação, César Bolaño, e o posfácio é de autoria do editor da revista CHASQUI, Pablo Escandón.
Para o livre acesso ao livro, clique aqui.

Call for paper: revista E-Com aberta a artigos

Está aberta, até o próximo dia 30, a submissão de artigos para a revista digital E-Com, do Departamento de Ciências da Comunicação do Centro Univeresitário de Belo Horizonte (UniBH). Mais informações, clique aqui.

Brasil: livro « Do broadcast ao socialcast » disponível na web

29 mars 2010 par  
Classé dans : langues, português, Références en ligne

Sob a consultoria de Jorge Felix e organização do Manoel Fernandes, foi lançado pela W3 Editora o livro Do broadcast ao socialcast – Como as redes estão transformando o mundo dos negócios. Ele é fruto de um inspiração coletiva, como declarou o próprio Manoel Fernandes, organizador dos textos em que foram reunidos pensamentos, ideias, visões e conceitos de vários autores sobre como as redes estão transformando o mundo dos negócios.

A obra conta com textos de Bruno Fiorentini [Yahoo], Caio Túlio Costa [Fac. Casper Líbero], Marcos Souza Aranha [iChimps], Alessandro Barbosa Lima [E-Life], Romeo Busarello [Tecnisa], Marcelo Coutinho [Ibope/FGV], Silvio Meira [C.E.S.A.R.] e o próprio Manoel Fernandes, dentre vários outros”.
O livro está disponível gratuitamente na Internet. Para obter uma cópia, basta acessar aqui. 1.600 cópias já foram baixadas da Internet

Livro sobre Cibercultura disponível na internet

Acaba de ser lançado o livro A cibercultura e seu espelho, organizado por Eugênio Trivinho e Edilson Cazeloto e editado com chancela editorial da ABCiber – Associação Brasileira de Pesquisadores em Cibercultura e do Instituto Itaú Cultural e com apoio da CAPES.
A obra está disponível na Internet para acesso livre (nos formatos HTML e PDF) – clique aqui .
A publicação corresponde ao volume inaugural da « Coleção ABCiber » de textos sobre cultura digital.

Groupe de travail sur le journalisme au Québec

7 mars 2010 par  
Classé dans : français, Références en ligne

Dominique Payette, professeure au Département information et communication de l’Université Laval, a reçu un mandat, en novembre 2009, de la ministre de la Culture, des Communications et de la Condition féminine, afin de  » de proposer des solutions concrètes et réalistes aux problèmes actuels du journalisme et des médias d’information au Québec« .

Le groupe de travail vient de lancer un site, etatdelinfo.qc.ca, afin de suivre leurs travaux. Quatre axes de travail ont été choisis (et sont présentés ici) pour orienter les travaux du groupe: le journalisme professionnel, l’accessibilité et la diversité de l’information dans les régions du Québec, l’état de l’information au Québec et le nouveau contexte technologique.

Bibliographie sur l’histoire des médias

31 janvier 2010 par  
Classé dans : français, langues, Références en ligne

La Société pour l’histoire des médias propose une nouvelle rubrique dans son site: les ouvrages de référence.

Cette bibliographie répertorie plus de 450 ouvrages sur et autour des médias. Ces références complètent ainsi les rubriques Nouveautés parutions ou encore Mémoires et thèses. La liste des ouvrages sur le journalisme et les journalistes est en ligne par ici.

Discours journalistiques sur le métissage

16 janvier 2010 par  
Classé dans : français, Publications, Références en ligne

La Revue internationale de communication sociale et publique (RICSP) publie son deuxième numéro. Dans cette nouvelle livraison de la revue, un article sur le journalisme. Fathallah Daghmi se penche sur les « Discours journalistiques sur le métissage » dans le milieu des journalistes des Antilles françaises. Il montre comment le discours médiatique est à la fois le reflet et un élément structurant d’une société métissée. Celle-ci construit sa représentation à travers les pratiques de journalistes qui composent avec son héritage et ses blessures historiques.

La RICSP reçoit des propositions d’articles en continu. Les propositions reçues d’ici fin février pourront être publiées, après évaluation et acceptation, dans le numéro de juin. Au delà de cette échéance, les textes seront plus probablement mis en ligne dans le numéro de décembre.

Unesco publica estudo comparativo sobre Direito à Informação em português

15 janvier 2010 par  
Classé dans : português, Publications, Références en ligne

A UNESCO no Brasil, com o apoio da Secretaria Estadual de Planejamento de Mato Grosso, lança, em versão online e impressa, o livro Liberdade de Informação: um Estudo de Direito Comparado.
A tradução para o português foi feita a partir da segunda edição, revisada e ampliada, da obra Freedom of Information: A Comparative Legal Survey, lançada originalmente em inglês em 2008. Escrita por Toby Mendel, o livro tem tido papel importante ao auxiliar instituições públicas e privadas e os Estados-membros da UNESCO a lidar com a legislação sobre liberdade de informação.
A obra apresenta uma visão geral de exemplos concretos de boas práticas nessa área e analisa a legislação sobre a liberdade de informação e o direito a informação de 14 países (quatro a mais em relação à primeira edição), entre Suécia, Uganda, Estados Unidos, México e Reino Unido, destacando aspectos positivos e problemas das leis em vigor ao redor do mundo.
O estudo tenta ainda responder a algumas perguntas-chave, como qual seria o teor do direito a informação, se ele pode realmente ser classificado como um direito e como os governos podem aplicá-lo. Por fim, o autor faz uma análise comparativa das várias leis e políticas que dizem respeito ao direito fundamental a informação.
A importância do direito a informação e do direito ao conhecimento é enfatizada cada vez mais pela sociedade civil, por acadêmicos, pela mídia e por governos. Nos últimos 10 anos, esses direitos têm sido reconhecidos por um número cada vez maior de países. Em 1990, apenas 13 nações haviam aprovado leis nacionais sobre o direito a informação, e hoje este número aumentou para mais de 70.
Toby Mendel, consultor da UNESCO e autor da publicação, ressalta que a noção de um direito a informação de posse do poder público atingiu a maioridade, lembrando que os 14 países descritos no livro lidam com diferentes desafios para dar efeito jurídico a esse direito. E, de acordo com Mendel, o Brasil está cada vez mais envolvido nessa discussão. “Há 10 anos, apenas um país da América Latina possuía leis que efetivavam esse direito, sendo que hoje esse número aumentou para 11. O Brasil vai se tornar em breve o 12º nessa lista, pois está caminhando para obter suas próprias leis de acesso a informação”.

Para fazer o download gratuito da versão em português, clique aqui (PDF, 2,1 Mb).
Além do original em inglês, a publicação está também disponível nos idiomas chinês, russo, nepalês, espanhol e francês. Para acessar as outras versões, clique aqui.

Chiffres sur les journalistes en France 2000-08

26 novembre 2009 par  
Classé dans : français, Références en ligne

L’Observatoire des métiers de la presse écrite, institution paritaire chargée d’informer sur les transformations de l’emploi du secteur, a produit une analyse des données collectées annuellement par la Commission de carte d’identité des journalistes professionnels, entre 2000 et 2008. Cette étude apporte tout au long de la période des données traitées à plat, qui complèteront un peu les études fouillées réalisées tous les dix ans par l’équipe de l’Institut français de presse (laboratoire CARISME ; la prochaine étude décennale est en cours, elle devrait aboutir en 2010).

Pour accéder à l’étude de l’Observatoire, rendez-vous sur son site.

« Page précédentePage suivante »